Erros que não se deve cometer em casa

8 erros que um personal organizer não quer ver você cometer

Sim, este é aquele post em que compartilharei momentos em que preciso fechar os olhos e fingir que não estou vendo! Brincadeiras à parte, quero contar para vocês algumas situações que todo personal organizer observa e que são campeões da bagunça e falta de organização!

Veja 8 situações que você pode começar a fazer sozinha e que são recomendações de especialistas da área!

Não te julgo, mas estou de olho: 8 erros para não cometer

1. Compra produtos sem pensar no espaço disponível

Viu uma mesa de canto incrível, na cor que deseja e do jeitinho que sempre sonhou. Quando ela chega em sua casa, a decepção. Por não ter pensado no tamanho dela e no espaço disponível, ela não está se encaixando no ambiente.

Essa é uma preocupação muito importante, principalmente se estiver comprando algo pela internet. Sempre verifique as recomendações e os comentários de quem já comprou, confira as medidas da peça e também do espaço disponível para ele em sua casa.

Isso vale para itens muito grandes ou até para os que ficaram pequenos demais para o espaço.

2. Ter pressa em comprar produtos de organização

Antes de sair comprando caixas, divisórias e outros produtos de organização, só pelo desespero de ver tudo no lugar, alguns pontos precisam ser observados.

Pense no tamanho do seu espaço e do item que será organizado. Não adianta nada comprar uma caixa enorme, para guardar tudo em um só lugar, mas ela não caber na sua prateleira, ou ficar pesada de mais e quebrar ou não ser prática para por e tirar do lugar.

Curso de organização de cozinha

Pense também no material que é feito aquele item organizador. Por exemplo, o acrílico é lindo, mas será que será eficiente para organizar os brinquedos das crianças? Afinal de conta ele pode quebrar e riscar com facilidade.

3. Fazer compras por impulso

Esse é um problema que até quem não é personal organizer não entende. Geralmente, diante de uma ansiedade, você acaba comprando algo por impulso. E pode reparar, esse item provavelmente não é algo que vai ter grande utilidade para você e ficará guardado.

Ou então é um item que você já tem, igual ou similar, mas na hora nem lembra que ele existe.

4. Não pensar na distribuição interna da marcenaria

Um dos erros que mais vemos os nossos clientes cometerem é não pensar criteriosamente no planejamento interno da marcenaria.

Muito acabam deixando a “parte chata” a critério da marcenaria, loja de móveis planejados, arquiteto ou design de interiores. Quando, na verdade, ninguém sabe melhor do que o próprio cliente o que ele precisa guardar, a quantidade e o tamanho dos itens.

Um personal organizer pode te ajudar nessa tarefa! Afinal de contas, é muito desagradável tentar guardar sua airfryer e ela não caber no armário, por conta da altura das prateleiras. Ou os sapatos do marido não caberem na sapateira, pois ela não é profunda o bastante. Ou aquela bota linda, de cano longo, ficar toda amassada para caber em um espaço mal projetado.

6. Guardar na sua casa itens desnecessários

Chega de acumular itens guardados no armário e que não terão utilidade para você. Além de ocuparem espaço, podem contribuir para a falta de organização e harmonia da casa.

como desapegar de objetos

Sempre que possível, dê o devido descarte ao que não tem mais valor e doe os itens que  podem ser reaproveitados por outras pessoas.

Você pode até vender coisas não usa mais em grupos de desapego, brechós, bazares, etc.

7. Deixar de lado a limpeza e organização da casa

É muito fácil deixar para arrumar a casa no dia seguinte — e esse dia nunca chegar. Quanto mais você deixar para depois, a bagunça vai se acumulando e a situação só piora. 

Estabeleça estratégias para evitar que a falta de organização reine em sua casa. Usou algo? Guarde! Viu um objeto fora do lugar? Devolva agora mesmo! São pequenas ações que facilitarão o dia a dia.

Além disso, defina o que deve ser limpo e organizado diariamente, semanalmente, quinzenalmente e até mensalmente. Ter esse planejamento é muito importante.

Defina quem limpa o quê

8. Não ter um planejamento (da casa e pessoal)

Acabei de falar da importância de ter um planejamento para a organização do lar. Use e abuse das ferramentas que tornarão mais simples essas tarefas. Se você sabe como, quando e o que fazer, terá maior disposição para realizá-las.

Com essas 8 dicas a sua vida se tornará bem mais prática e nenhum personal organizer vai te julgar! E se quiser contar com um serviço especializado e que vai te ajudar a acabar com as bagunças da sua vida, entre em contato comigo! Vamos marcar uma conversa!

Beijos e abraços,

Camy Scotti

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.