Lâmpadas decorativas de filamento de led

6 tipos de lâmpadas para usar na sua casa

Certamente você já foi em uma loja especializada de itens de construção e reforma, não é mesmo? Diante da infinidade de objetos, reparou na quantidade de tipos de lâmpadas ofertadas? 

Desde as mais tradicionais até aquelas que contribuem para reduzir o consumo de energia ou são mais tecnológicas, as possibilidades são muitas.

Normalmente, as diferenças que elas apresentarão estão relacionadas à:

  • potência;
  • conexão da lâmpada (tipo de soquete);
  • quantidade de luz emitida (também conhecida como lúmens);
  • temperatura da cor;
  • dimerização.

O local em que a lâmpada será colocada pode impactar na sua escolha, como pendentes, lustres, arandelas, spots, plafons, dentre outros. Dependendo do cômodo, a lâmpada e o local em que ela será colocada podem proporcionar sensações diferentes. 

No quarto, por exemplo, é ideal que a luz seja mais relaxante, enquanto que no escritório é preciso que ela proporcione maior iluminação, de modo a garantir o foco e produtividade.

Mas para quais usos cada tipo de lâmpada é recomendado? Qual é o ideal para suas necessidades? Entenda melhor no post de hoje como escolher a lâmpada certa!

Conheça 6 tipos de lâmpadas e saiba qual escolher para seu lar

1. Lâmpadas de LED

De um tempo para cá, deixaram de ser as mais caras no mercado. Além disso, possuem um excelente custo benefício, gerando uma economia de até 80% em sua conta de energia.

Como usar lâmpadas de led

Duram até 25 vezes mais que as lâmpadas incandescentes e 3 vezes mais que as fluorescentes. E ainda não fazem mal para o planeta, já que não aquecem, não emitem poluentes e podem ser recicladas.

Podem ser utilizadas em qualquer ambiente da casa, sem contraindicações. Existem em linha uma infinidade de modelos e funcionalidades.

1.1 Lâmpadas de filamento de LED

As lâmpadas de filamento de LED têm um brilho suave e muitos formatos, deixando o ambiente com requinte, realçando a iluminação e embelezando com o seu design retrô.

Não há a necessidade de escondê-la nas luminárias, sendo muito utilizadas em pendentes de soquetes à vista.

Lâmpadas decorativas de filamento de led

São econômicas em consumo de eletricidade, com vida útil longa e ficam muito bonitas em todos os ambientes.

2. Lâmpadas incandescentes

Esse é o tipo mais conhecido e tradicional de lâmpada. Apesar de ser, muitas vezes, o mais barato, seu custo-benefício pode não ser tão interessante, já que apenas 5% da energia consumida é convertida em luz. Os outros 95% é convertido em calor.

Dicas de decoração

Sua durabilidade também é menor em comparação com os demais modelos. Tornaram-se peças de museus após o avanço das lâmpadas de LED.

2.1 Lâmpadas incandescentes com filamento de carbono

São as lâmpadas decorativas queridinhas do momento. São inspirada nas primeiras lâmpadas criadas por Thomas Edison em 1879.

Por conta de seu visual vintage, ela é ideal para decorações. Com luz amena concentrada em seus filamentos, oferece muita beleza deixado o ambiente muito sofisticado.

Filamento de carbono na decoração

Porém por conta de seus filamentos, elas geram muito calor, sendo indicadas apenas para fins decorativos.

3. Lâmpadas fluorescentes

As lâmpadas fluorescentes entram no grupo das que gastam menos energia, tanto que eram muito utilizadas antes das lâmpadas de LED. No entanto, é preciso ter atenção ao seu descarte

Fluorescentes

Elas não podem ser jogadas em lixo comum, pois eliminam um gás nocivo e bastante poluente. São encontradas em modelos variados (tubulares ou compactas), o que permite que sejam utilizadas em diferentes cômodos da casa.

4. Lâmpadas halógenas

Apesar do nome diferente, seu funcionamento é muito semelhantes às lâmpadas incandescentes. Esse tipo de lâmpada apresenta uma intensidade maior de iluminação e também é encontrada em modelos diferentes.

Lâmpadas halógenas

São indicadas para dar destaque aos objetos em uma área restrita, pois tem facho de luz exato.

Algumas características: luz amarelada, ótima reprodução de cores, emitem calor, e tem durabilidade um pouco maior que as incandescentes.

5. Lâmpadas dicróicas

As lâmpadas dicróicas são variações das halógenas, mas com um tipo de refletor diferenciado. 

Lâmpadas dicróicas

Se você tem um espaço em seu lar com objetos de valor que não podem sofrer incidência direta de calor e iluminação, por exemplo, esta é a mais recomendada.

6. Lâmpadas de descarga (HID)

Alta eficiência, longa durabilidade e intensidade de luz, as lâmpadas de descarga são assim chamadas por receberem uma alta carga de energia. Elas são ideais para espaços grandes ou áreas externas.

Lâmpadas de descarga

Como você pode perceber, há diferentes alternativas na hora de escolher a lâmpada ideal para os ambientes da sua casa. É importante levar em consideração o custo-benefício de cada uma e as características específicas a que se propõem.

Gostou de conhecer os diferentes tipos de lâmpada? Compartilhe este post com outras pessoas que precisam ficar por dentro do tema!

Beijos e abraços,

Camy Scotti

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.